Como tirar uma carta de motorista sem comprar

Oláaaa….
Bom, semana passada foi um pouquinho, conturbada, por isso não apareci… Ontem, estava fazendo um post sobre bandage dresses, que eu postaria hoje, mas acabei mudando de ideia e enfim… Ando uma explosão de informações ultimamente. Muita coisa pra contar, muita coisa para absorver… Enfim. Hoje foi o primeiro dia que vim dirigindo pro trabalho! Sim queridos leitores! Eu tirei carta apenas semana passada! E, como tudo o que acontece comigo tem uma história (baseada em fatos SUPER reais) esta, também tem.

Quarta-feira, acordei as 06:30 da manhã, pronta para fazer meu SEGUNDO exame prático (o primeiro não passei, queria sair de segunda da subidinha e obviamente o carro morreu…Carro podre viu!). Daí, fui conferir… Ver se estava tudo OK com o RG que é documento obrigatório no dia do exame… Cadê? Cadê o RG?
E abre todas as 27337 bolsas do armario, e olha dentro do bolso das 3 calças (sim, sou uma viciada em bolsas!), grito, choro esperneio enquanto escuto o velho sermão da minha mãe: “Você devia ter visto isso ontem! Você é muito desorganizada! Não tem nem mais espaço na fichinha do Poupa-Tempo pra vc solicitar outro RG, de tanto q você já perdeu!”

“Vamos para a delegacia!!” eu concluo…. E lá vamos nós… Chegando lá, (desculpa, f***-se que posso ser xingada ou processada por racismo, eu juro q tentei mas nenhum outro adjetivo descreveu tão bem), havia um POUTA DUM NEGÃO gigante, de toca, oclinhos, jaquetão de couro, cara de mau, entre outros policiais homens e mulheres. Pensei comigo: “Por favor não deixa ele me atender, por favor Deus, por favor, esse cara vai me prender porque eu perdi meu RG, por favor Papai do Céu, que outra pessoa me atenda!”
Eis que escuto a voz que poderia perfeitamente dublar Darth Vader em ‘Star Wars’:
-Pois não?
Fingi que não era comigo né…
-Oi moça, pois não? – Repetiu o Darth.
-Oi-i mo-ço… É que assim, eu perdi meu RG e tenho exame de direção daqui há… Hum… 20 minutos.
E ele:
-Oh! – juntando as mãos no peito – Mas aqui vai demorar muito moça, temos um flagrante na frente.
-Mas o pior moço… É a SEGUNDA vez!
-Oh! – “Ni qui” ele vira para uma senhoura parada na porta fumando um cigarro – Doutora, ela está sem o RG e tem exame de direção em 20 minutos!
E ela, sem alterar o tom de voz ou olhar para minha cara:
-Carteira de trabalho… Tens?
-Sim claro!
-Carteira de trabalho substitui o RG.

Bom quase dei um beijo na boca dela e do Darth que a essa altura estava mais para Sloth, sai correndo, peguei a carteira de trabalho e rumei para o local do exame. Chegando lá, um instrutor, que nem era o meu:
-Tinha que ser, tinha que ser você!!!! Sua doida!!!

Lá eles falaram que não aceitariam apenas a carteira de trabalho, e eu precisaria de um B.O. Sorte que na rua de cima tinha uma delegacia. Corri para lá:
-Bom dia moço… Então, fui FURTADA. Preciso de um B.O, por que farei meu exame daqui à pouco.
-Onde você foi furtada?
-No ônibus, vindo para cá, não sei, acho que abriram minha bolsa!
-Onde foi isso?
-No Brooklin, vindo para cá!
-Qual ônibus você pegou?
HÁ!!!!! Pegadinha… Ainda bem que uma época o único carro que tínhamos era um Opalão emprestado para emergências.
-Princesa Isabel, ali na Pe. Antônio.

Bom, “long story short”, consegui. Minha auto escola foi a ULTIMA a realizar os exames, e eu fui a última dos últimos. Entrando no carro, me deparei com o mesmo examinador que havia me bombado, todo fanfarrão:
-Mas que falta de cavalheirismo! Deixaram uma moça por último!
-Cê vê moço… E olha que hoje eu já passei por uma boa… – Disse dando toda a papelada – Fui furtada no caminho para cá!
-Oh, mas que horror! Agora fica calma, relaxa… Pode ficar tranquila, que eu vou te ajudar, vou te dar uns pontinhos!
.
.
.
.
.

Preciso dizer mais? Daí em diante foi mais ou menos assim:

-Eu, em pensamento: Seta, primeira, segunda, seta… Merda, tem um carro vindo.
-Ele, falando enquanto via o meu B.O: Ah, na Pe. Antonio, sim sei…..
-Eu, em pensamento: baliza… ok, tudo para a direita, ok, esquerda, pauzinho pra lá, pauzinho pra cá. MERDA! Esqueci da seta!!
-Ele, falando: Cartão institucional? Roubaram seu cartão institucional?
-Eu: É, do trabalho.
-Ele: Tá vendo, você trabalha  e eles colocam aqui “profissão: estudante”
-Eu, pensando: Merda de seta, merda de seta, merda de seta!
-Ele: Os caras fazem tudo errado viu…

Anyway, aqui está a minha carta. Na hora do almoço eu ACHEI meus documentos no shopping, e agora, não preciso andar mais com cpf e rg! UFA!

CONSELHO DE AMIGA?!

De fato, Deus escreve certo por linhas tortas.

Anúncios

3 comentários sobre “Como tirar uma carta de motorista sem comprar

  1. hahahaha Antonia, SÓ VC pra contar uma história desse jeito hiláááário!!!hahahahaha

    Já pensou em fazer teatro? (turuntun!*aquela batitinha de bateria que tem nos desenhos depois de uma piadinha esdruxula como essa, sabe?*)

    BJUS!

  2. eu ri com tudo isso…huAHUahuauh
    eu aqui, desesperado na duvida se tento passar, ou se compro, pq se eu tentar e reprovar, sóóó ano q vem pr afazer outra prova, complicado viu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s