Manual prático da recém solteira (e do recém solteiro!)

Daí que estou aqui vendo o blog e tudo mais, e descobri que muitas pessoas vem parar aqui após digitar no Google, por exemplo, “conselho para amiga que terminou namoro”. Daí resolvi fazer um post, para aquelas pessoas que buscam um conforto na internet após passar pelo término de um relacionamento. Eu não sou solteira, pelo contrário, sou casada, maaaas já fui solteira, já sofri de pé na bunda e já dei pé na bunda tbm… Nunca é legal. Então que tal fazer um passo a passo (no melhor estilo AA, não que eu já tenha frequentado, mas enfim…) ? Bora…

1ª SEMANA – A fossa.

Você pode ficar na fossa sim, quem disse que não? Pode assistir comédias românticas devorando um pote de Haagen Dazs usando a calça de moletom do seu pai (no melhor estilo filme americano), chorar, comer, chorar, comer, cantar All by Myself sozinha e tudo mais. Fique com a família. Garanta que esse período dura no máximo uma semana. E só.

O que NÃO FAZER – Não mexa no cabelo, nem faça alguma intervenção radical. Também nem pense em ligar pro número de telefone que você viu em uma faixa na rua dizendo “Trago seu amor de volta”. Evite de toda forma as redes sociais do dito cujo (peça para uma amiga mudar sua senha e só volte quando se sentir melhor). Não beba, você vai se arrepender depois. Respeite o seu tempo, permita-se à fossa. É um rito de passagem. Suma por essa semana e aceite que está solteira. Isso não é o fim, não é a morte e NÃO, ele não era o amor da sua vida.

2ª SEMANA – Os primeiros contatos

Provavelmente suas amigas já sabem, e você até pode ter se encontrado com elas na primeira semana. Mas agora é a hora de reunir forças. Encontrar boas amigas, reencontrar antigos amigos. Mas atenção: tudo isso deve ser feito em um lugar tranquilo, num bar ou num restaurante. Não se arrisque na balada ainda. Beba vinho, fale fale fale fale, chore chore chore chore, beba vinho (apenas vinho ou cerveja, não se arrisque nos destilados). É hora de desabafar. Comece a diminuir a comida e as músicas fossa. Jogue fora os livros de auto ajuda (livros desse tipo são para fracos!).

O que NÃO FAZER – Essa serve para todas as fases. NÃO fique colocando no MSN ou nas redes sociais que “ontem foi fodaaaaaa!”, “amo minhas amigaaaaas”, “aprontaaaando vida lokaaaaa” “Festa amanhããããã”, quando todo mundo sabe que você está SIM na fossa… Preserve-se. Ninguém precisa saber o que você fez ou deixa de fazer. Não mude o cabelo ainda, mas invista nos exercícios. Evite as comédias românticas.

3ª SEMANA – Voltando à vida

Agora sim, vale mudar o cabelo, investir no visual, comprar sapatos novos altíssimos. Tente investir em algo que você nunca fez. Um sapato chamativo, uma blusa mais decotada, enfim, tente algo novo que você não está acostumada. Vale fazer uma limpa no ambiente onde vive. Circular as energias é a ordem. Pode cair na balada porém… Na balada gay. Se arrume, se monte, e se jogue na balada gay. É um ambiente seguro pra se jogar nos destilados. Dance, se acabe, faça amigos. A boa balada gay é ótima para subir a autoestima de mulheres que acabaram de terminar um namoro. Caso encontre um novo amigo, é bem capaz que ouça “Gata, desencana, você é diva e ele não era pra você!”. Na balada gay você bebe, se diverte, dança em meio à homens lindos e sem correr o risco de ficar com algum e não receber um telefonema no dia seguinte.

O que NÃO FAZER – Por mais que você esteja se sentindo segura, feliz, se recuperando, não invista em homens por enquanto. Como disse acima, tudo o que você NÃO precisa agora é ficar com alguém e não receber um telefonema no dia seguinte (e no dia depois, e depois e depois…). Isso pode por TUDO à perder.

4ª SEMANA – Arrisque-se

Essa 4ª semana é relativa. O que acontece nesse estágio pode ser na 4ª semana ou depois, depede da pessoa. O importante, como disse, é que a fossa não dure mais que 1 semana. Agora, caso você queira conhecer alguém, ficar com alguém ou algo do tipo, vá em frente. Mas se divirta. Não procure ninguém em especial. Se divirta! Trate mesmo os homens como idiotas, e pense que ninguém presta. Seja você, não tente agradar e seja feliz!

E SE… O ex liga ou aparece durante algum desses períodos? Depende de você. Você pode se arriscar à voltar, você pode continuar onde está, você pode fazer a fila andar. Isso não há livro de conselhos que mude. Independente da decisão, o clichê da vez é se valorizar, e esclarecer seus pensamentos. Às vezes gastamos muita energia com besteiras e pessoas que não merecem. Tudo passa. Pense como RH e imagine sua vida dali 5 anos. Como você quer estar? O “ser” faz parte do seu futuro? Reflita e NUNCA, NUNCA se acomode.

MANUAL PRÁTICO PARA O RECÉM SOLTEIRO

Homem também toma pé na bunda. Homem também sofre. Homem também merece um passo a passo:

1º PASSO – Saia para tomar uma breja com os “bróders”.

2º PASSO – Pegue mulher.

Anúncios

8 comentários sobre “Manual prático da recém solteira (e do recém solteiro!)

  1. Você está enganada sobre homens recém solteiros, provavelmente por nunca ter sido um. Não estou julgando a intenção do seu post, que sei que é boa, mas pense que pode estar influenciando mal uma pessoa com esse seu “manual”. Imagine se o mesmo conselho fosse dado a uma mulher? Enfim, homens amam, sei que sabe disso.

    • Oi Bruno! Claro que sei que homens amam! O post citado fala no sentido dos conselhos que mulheres dao para outras mulheres quando terminam um relacionamento e dos conselhos que homens dao para outros homens na mesma situacao. Obviamente que falando de um modo geral… That’s it! Abs!

  2. Pingback: Manual (quase) Prático do Recém SolteirO « Conselho de Amiga!

  3. O manual para o homem também está incluso como conselho para uma mulher, vendo esse manual ela acaba ficando mais tranquila, e não esperando que o homem esteja na mesma que ela, assim ela se poupa de surpresas…

  4. Este texto não traz valorização do seu “EU”, nem o respeito ao ser próximo, é um monte de blasfêmias infundadas, ou melhor embasadas na falsa cultura social imposta por tantos programas fracos da televisão.
    Se for para se renovar, comece com a reforma intima, não é nos outros que você irá achar a solução para seus problemas, não é na balada gay que você se sentirá bem, o elogio dos outros não são além de mais maquiagem para a sua real face. Tudo começa com a reforma intima, busque dentro de você as respostas para as dificuldades de sua vida, busque maturidade em seus pensamentos e acima de tudo respeite os seres humanos, pois com a ideia de que todos os homens são idiotas é que o mundo está cada vez mais difícil de se manter os relacionamentos duradouros.

  5. Gente, esse texto é apenas uma brincadeira, não reflete meus reais sentimentos e nem tem embasamento psicológico ok? Vamos rir mais, como diz aquea propaganda….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s