Manual (quase) Prático do Recém SolteirO

Olá!!!

Bom, há algum tempo que eu estou intrigada com um comentário que deixaram no post Manual da Recém Solteira. Daí como de fato eu nunca fui um homem recém solteiro, fiquei meio sem saber o que fazer. Pedi ajuda a um amigo que, bom, enquanto tomado pelos efeitos de uma tequila estranha se prontificou a escrever um post sobre o assunto, como já aconteceu antes aqui no blog (participação de amigos são sempre bem vindas!). Mas, como isso já tem algumas semanas e eu não sou chata a ponto de ficar cobrando (afinal a pessoa escreve se quer) resolvi me adiantar, afinal, existem almas bondosas clamando por um conselho de uma pessoa equilibrada e bem sucedida como eu (ironia MODE ON).

Bom, então, depois de muito refletir sobre o assunto percebi como de fato homens e mulheres são condicionados de formas diferentes. Nós mulheres, desde adolescentes, temos revistas, livros, filmes e amigas nos dizendo o que fazer, como agir e bla bla bla. A Capricho por exemplo, que faz parte da vida de tantas garotas, sempre dava dicas sobre o primeiro beijo, a primeira transa, se o cara é certo ou errado e bla bla bla… Homens não tem isso. Até onde eu vejo, não ensinam, não falam nada pros pobres coitados. Eles aprendem na porrada e, no máximo, com pornôs… hahaha…

Não que o que nos “ensinam” seja certo. Pelo contrário. Pela personalidade “mal formada”, comum na adolescência, muitas vezes sofremos por ter aquilo como padrão, e quando saímos desse padrão, que muitas vezes não é o nosso, nos sentimos culpadas. Ainda assim, os tais livros de auto ajuda (taí o sucesso de Comer, Rezar e Amar que não me deixa mentir) e as listas do tipo “Porque ele não era o homem da sua vida” funcionam para muita gente. Porque dão um norte. Um “start”. Uma direção. Algo que precisamos muito quando saímos de um relacionamento (seja ele de três meses ou trinta anos).

Por isso amigos, eu não tenho um manual para recém solteiros. O que posso dizer sobre o assunto, vale para ambos sexos:

1- Ela não era o amor da sua vida. Se fosse, estaria com você.

2- O que funciona pra um, não funciona pra outro. Ou seja, se a forma do seu amigo se curar de um pé na bunda é pegando várias e a sua não, fique na sua e tenha seu tempo.

3- E quando seu tempo passar e você resolver pegar alguém na balada (ou em qualquer outro lugar), grandes chances de ser uma merda.

4- Enquanto ninguém é insubstituível que você costuma ouvir na vida profissional, quando falamos em relacionamentos as pessoas NÃO são insubstituíveis. Não tente substituir a outra pessoa. A “nova” pessoa, não merece isso.

5- Percebo que homens são capazes de qualquer coisa quando querem chegar a um objetivo com uma mulher (if you know what I mean…) , inclusive de pagar de ombro amigo. Mulheres não gostam de pagar de ombro amigo. Se quer um ombro amigo, procure um amigo! (óoooo que dica boa!)

6- Novamente, assim como os homens, as mulheres não são iguais. Não faça um novo affair pagar pelos erros que sua ex cometeu.

7- O que serve pra um, serve pra outro. Repito: NÃO abuse da boa vontade das pessoas nas redes sociais e msn. Do tipo “UHU, balada monstro!” “Éeeeee rapá, muita treeeeta” ou “Vida loka é nóiiiis” ou ainda pior “Baladinha sussa de domingo pra curar a rebordose do fds”… Tipo… NÃO!

8- Ainda que pareçam uma fria, depois do tempo de reclusão, aceite TODO e QUALQUER convite pra sair com os amigos. Conhecer pessoas, lugares e até passar por situações novas, sempre é vantajoso.

9- Bom humor, higiene, e um pouco de cavalheirismo misturado com uma certa malandragem estão entre as características preferidas de 9 entre 10 mulheres (a que sobrou não liga pra nada disso e quer arrumar mesmo um bom partido). Logo logo cê arranja outra, garanhão!

10- Conversar com pessoas que estão passando pela mesma coisa que você também sempre ajuda!

11- E se nada der certo, carnaval em Salvador e Las Vegas, tão sempre aí!

Espero ajudar de alguma forma…

That`s it!

P.S: E amigo do post prometido, ainda estamos aguardando a versão masculina do manual.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s