Clotildes vai ao cinema!

Clotildes deu o ar da graça algumas vezes durante as últimas semanas…

Ontem, por exemplo, Clotildes (meu lado ‘black swan’) apareceu no cinema.

Sabe, ela nunca gostou muito de cinema por diversos motivos. As filas para comprar ingresso (coisa que melhorou muito com a venda pela internet) a fila para entrar no cinema, as brigas por lugares (apesar de alguns oferecerem lugares marcados), até o barulhinho de plástico das guloseimas das pessoas que só vão ao cinema pra comer, irritam. Por isso que Clotildes demorou um bom tempo para resolver assistir o “Cisne Negro”. Apesar de ter certeza que gostaria do filme por mesclar duas coisas que Clotildes é fã,  Natalie Portman e balé, ela relutou um pouco por medo de encontrar as salas lotadas e confusão. Por isso a sessão da meia noite, meses depois do lançamento do filme, pareceu perfeita.

Clotildes encontrou um lugar bom, ao lado de um casal e se sentou aguardando o filme começar. Sem pipoca. Clotildes não gosta da pipoca passada do cinema que parece estar ali há 3 dias. Pipoca de cinema tem duas opções: ou é passada, ou é queimada por dentro. Fora o preço abusivo. Dá pra comprar filé mignon pra semana inteira com o que se gasta com um pacote de pipoca e um refrigerante no cinema.

Nos cinemas em geral também se encontram espécies muito comuns, porém muito irritantes: aquele que vai pra comer, entra no cinema com um saco gigante de pipoca+refrigerante grande+água+3 saco de Skittles+4 Sonhos de Valsa. O que não tem babá, e leva uma criança de 10 anos à noite pra assistir “Jogos Mortais”. O espaçoso, que mesmo que tenha um metro e meio se espalha como se tivesse 2 metros e pesasse 115kg. Os adolescentes, que gritam, jogam pipoca e riem alto (perdoável, já passei por isso). E o casal grude que está no segundo ou terceiro encontro e acha que cinema é o melhor lugar para não ter que falar e apenas beijar.

Ao lado de Clotildes um casal, entre seus 25 a 30 anos, conversava apaixonadamente. Até aí tudo bem. Então, antes mesmo das luzes se apagarem, o casal resolvia se pegar o melhor estilo novela mexicana. Desentupidor de pia. E aquele barulho: shleck, shlep, shlep… Clotildes devia desconfiar. Apesar de não estarem nas fileiras do fundo, NUNCA, eu digo, NUNCA se sente ao lado de um casal que está sozinho na fileira, não está comendo pipoca e apenas possui uma caixinha de Mentex nas mãos. Sim, porque, quem vai se amassar no cinema não come pipoca, porque né… Gruda nos dentes e tal.

E aquilo aconteceu até a metade do filme. Os dois se amassando, ele quase em cima dela ou beijando, ou fazendo carinho e falando coisas meigas. Entre as joelhadas do distinto senhor da fileira de trás, Clotildes tentava entender. É até compreensível ir se amassar no cinema quando se é adolescente e tudo mais. Antes dos 18, chamar pra ir na sessão da meia-noite, assistir filme de ballet e não comprar pipoca é praticamente um convite pro motel. Mas gente, dois marmanjos, quase 30 anos na cara, indo no cinema pra se amassar? Vai logo no motel porra!

E casal recém formado, quando dá pra ser melado é algo insuportável. Sabe, é ridículo, incomoda e todo mundo sabe que não vai durar pra sempre.

Quando o filme acaba, Clotildes é a primeira a sair correndo, porque DETESTA ouvir os comentários dos especialistas do cinema, que não importa o quanto o filme seja fudido, sempre acham algo ruim. Tipo, saindo de Romeu & Julieta e falando “Nossa, mas que nada a ver eles morrerem no final né? Não gostei…”. Como ontem, antes do filme começar, um nego comentando sobre “Alice” e usando uma frase muito comum: “Ah é que eu assisti em DVD, porque se tivesse assistido no cinema não teria gostado”. Oi? Eu já ouvi esse comentário várias vezes, mas nunca compreendi muito bem. E o tempo que você perdeu, não valeu nada? Filme, ou você gosta ou não gosta. Ou “O Quatrilho” é ruim no cinema e bom na Sessão da Tarde?

Enfim, Clotildes sobreviveu. E gostou do filme. Têm diversos outros filmes em cartaz que Clotildes quer ver também mas acha que vai esperar sair em DVD…

Anúncios

2 comentários sobre “Clotildes vai ao cinema!

  1. Clotildes HAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Eu também sou suspeito pra falar o que eu já passei no cinema: gente fazendo piada, mas a culpa foi minha: só tinha Harry Potter – Relíquias da Morte dublado, mas era estréia e eu não pudia perder, sabe? E o povo ficou fazendo palhaçada. Daí eu pensei: cacete, se tivesse ido ver legendado não teria esse problema. Engano meu: um grupinho ridículo de adolescentes foram ver Cisne Negro à tarde na mesma sessão que eu. Eles não calavam a boca! “ai, não consigo ler a legenda” e mimimimi. GRRR. Barulho de saco de pipoca não irrita tanto quanto as pessoas, sério. O bom foi quando eu assisti a estréia de Burlesque com a Aguilera e a Cher. A sala tava vazia *levanta as mãos pro céu e agradece enfaticamente*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s