Músicas que marcaram a nossa adolescência amorosa

Hello!!!

Sumiço longo né? É! E isso não vai continuar assim por um tempinho infelizmente. Não tá “FACEO” não meu povo.
Mas o fato é o seguinte. Ontem estava num bar com alguns amigos e o assunto estava MEGA interessante. Basicamente falávamos sobre as desventuras amorosas de uma fase tão florida da nossa vida: a adolescência. Foi aí que uma amiga citou um música, que ouvia over and over again ao terminar com um namoradinho. Daí a ideia: “Músicas que acompanharam a nossa adolescência amorosa”. Duvido que você nunca tenha ouvido/sofrido/se empolgado com alguma das músicas abaixo:

1. Don’t Speak – No Doubt: Foi a música citada pela amiga. Quem nunca cantou com força e se identificou com a Gwen Stefani e sua dor de amor por um outro integrante da banda?

2. More than Words – Extreme: Lembro que quando surgiu essa história de baixar música na internet, essa foi uma das primeiras que baixei. E ouvia over and over again. Fora que a introdução era tema recorrente nas rodinhas de violão (Clotildes REPROVA!). Uma outra amiga contou que ficou com trauma da música, porque um garoto apaixonado da escola, sentava na carteira de trás e ficava cantando essa música para ela (vergonha alheia adolescente define).


3. Because you loved me – Céline Dion: Mas meeeeeeeeeeeeeeeeu Deooooosssssss… Quem nunca sofreu com qualquer música da Céline Dion? Quem nunca achou que Céline seria a última voz que você ouviria em vida porque certamente ia morrer, preferia morrer, a viver com essa desilusão?

4. O Vento – Jota Quest- Sabe que eu acho que o meu “nojinho” de Jota Quest começou com essa música, porque antes eu curtia Jota Quest e inclusive gostava dessa música. Mas aconteceu que eu tenho uma super amiga que, numa dessas paixonites adolescentes, ouvia tanto essa música, mas tanto, que se toda vez que ela ouvisse essa música Eike Batista perdesse um centavo, certamente hoje em dia ele estaria devendo até pra mim.

5. You Oughta Know – Alanis Morisette: Olha, de todas as citadas, eu assumo que ESSA foi uma que me marcou. Porque eu cantava com tanto afinco, com tanto ódio, com tanta verdade, que dava até medo. Fora que eu cheguei numa fase de colocar FRASE POR FRASE, a cada dia, no nick do MSN. Hahahaha….

6. Believe – Cher: Olha, eu sempre AMEI a Cher, mas ontem uma amiga comentou que também ouvia MUITO essa música após uma “desilusão” amorosa. Era pra cantar na balada, acompanhada das amigas, como se fosse a maior das ofensas pro dito cujo.

7. It`s not Righ but it`s OK – Whitney Houston
: Outra que era pra fase de recuperação. Rolava até coreografia na Krypton. Era a hora de seduzir again. hahaha…

8. Proibida Pra Mim – Charlie Brown Jr. :
Quem nunca? Quem nunca se envolveu com um pé de chinelo que tinha A pegada mas que você não podia NEM PENSAR em apresentar pro seu pai? E que banda ele adorava ouvir? E que música ele cantava pra você? Então…

9. I Want you to Want Me – Cheap Trik: Olha, quem tem entre 25 e 29 anos como eu, pode amar Curtindo a Vida Adoidado. Mas filme da NOSSA adolescência foi “10 Coisas que eu Odeio em você” que tinha essa música na trilha. Esse sim era filme que marcávamos de assistir no cinema depois comer rodízio de pizza no shopping.

10. Kiss Me – Sixpence None The Richer:
Você também pode AMAR Barrados no Baile, mas série da minha adolescência foi Dawson’s Creek (apesar que eu não gostava muito…). Apesar de ser “sacal”, a série lançou um hit atrás do outro e essa música certamente fazia as menininhas sonharem.

E aí? Quais as músicas que marcaram a sua adolescência? Vamos compartilhar e relembrar minha gente!!!!!

Quem sabe em 2015 eu apareço novamente.

Besos!

Anúncios

4 comentários sobre “Músicas que marcaram a nossa adolescência amorosa

  1. Céline nem precisa ser só desilusão. Mas enfim, eu falando não vale porque eu sou muito fã desta mulher hahahahaha.

    You Oughta Know da Alanis (assim como o Jagged inteiro) era a trilha sonora da minha 6ª série. E não tem letra melhor do que essa música. A raiva, a ira pela traição. Uma música revoltada pra gritar pros 4 cantos do mundo mesmo. A-M-O.

  2. Céline nem precisa ser só desilusão. Mas enfim, eu falando não vale porque eu sou muito fã desta mulher hahahahaha.

    You Oughta Know da Alanis (assim como o Jagged inteiro) era a trilha sonora da minha 6ª série. E não tem letra melhor do que essa música. A raiva, a ira pela traição. Uma música revoltada pra gritar pros 4 cantos do mundo mesmo. A-M-O.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s