Coisas que as revistas femininas falam e são reais!

Tá, eu menti no último post falando do projeto #Desembaranga2012. Mas ok, eu já menti antes, então sorry…

Vamos para o post de hoje. Uma vez ouvi uma frase ótima que dizia “Eu não leio a Nova porque ao terminar eu me sinto feia, gorda, mal sucedida, burra e ruim de cama!”. Me identifiquei muito porque isso sempre aconteceu comigo tipo, sentia fome ao ler o gibi da Magali, terminava uma Boa Forma e também sentia fome, seguia os passos da Capricho para conquistar “o gato do colégio” e o máximo que conseguia era passar por uma esquizofrênica, enfim… Mas ultimamente, tenho que admitir. Muitas das coisas que vemos nas revistas são reais, ainda que você ache impossível transar com o pé nas costas enquanto declama Camões e acaricia o lóbulo do “gato”. E essas coisas se tornam mais próximas após os 25, quando você passa por aquela fase esquisita onde não tem mais as vantagens dos 20 e poucos mas não chegou nos encantos dos 30. Por exemplo:

A matéria: “Celulite, acabe com ela!”

O que você pensa com 20 e poucos: “Ahhh bobagem, minha bunda é lisa, genética ótima, tomo 1 litro de coca-cola por dia e ó, tô nem aí”

A realidade: Realmente, ainda que você tenha uma genética ótima, ela começa a surgir. Na bunda, na parte interna da coxa, na parte externa da coxa, na barriga, no BRAÇO! E além de inevitável, você trava uma batalha eterna enquanto ela ri da sua cara.Ainda bem que existe laquê pra deixar a perna dura enquanto sambamos no carnaval né minha gente?!

A matéria: “Perca 3kg em 4 semanas!” (e esqueça a parte do “comendo chocolate” pq isso sim é uma enganação. Como se alguém conseguisse comer 1 quadradrinho de chocolate…)

O que você pensa com 20 e poucos: “Affff, que besteira, eu fecho a boca por 2 dias e perco 3kg fácil!”

A realidade: Encare, depois dos 25 o metabolismo muda! Não tipo “oi, hoje é meu aniversário e agora tô gorda”, mas sim ele vai ficando mais lento e não há nada que você possa fazer a não ser que seja a Elza Soares (oi?). It’s nature baby! E essa é a hora em que você começa a conversar com as amigas sobre dieta e aproveita para passar no Mundo Verde ao invés de almoçar.

A matéria: “Equilibrio – Você não precisa abraçar o mundo”

O que você pensa com 20 e poucos: “Credo, que gente desequilibrada, é óbvio que a pessoa deve saber dosar a vida pessoal e a profissional…”

A realidade: Sim, o peso das diversas responsabilidades começa ficar mais difícil. Principalmente na cabeça da mulher. Porque tem a preocupação com o seu trabalho, seguido do pensamento se você realmente está na carreira certa, e o MBA, e o curso, e MEU DEUS meu inglês não é fluente, será que eu caso ou compro uma bicicleta, não quero ser uma “mãe avó”, e nossa, preciso dar mais atenção aos meus pais, porque essa cidade anda tão violenta e MEU DEUS, mais uma estria, preciso ver meus amigos, faz tanto tempo, AH e a viagem de ano novo, e o gerente do banco e PUTA QUE PARIU POR QUE A MINHA CARNE NÃO sai igual a da minha mãe? e… Bom, por aí vai… Insira a sua preocupação aqui __________________________________ !

A matéria: “Volume! Volume! Volume! Cabelos de festa para arrasar”

O que você pensa com 20 e poucos: Meu Jesus, se eu secar o cabelo de cabeça para baixo e passar laquê E baby-liss vou parecer a Vanessa da Mata num “bad hair day” !!!!

A realidade: Seu cabelo cai. Calma, não tipo “noooossa que calva” mas diminui consideravelmente de “tamanho”. Ó lá, e você reclamando que te chamavam de “Elba” no colégio.

A matéria: “Como conquistar o homem dos seus sonhos em 10 passos”

O que você pensa com 20 e poucos: Que besteira!! Como se existisse fórmula certa para o amor…

A realidade:  De fato não existe. Mas você já tentou tanta coisa e não deu certo que você pensa “ahhh, pros infernos, vamo lá vai…”

A matéria: “É o fim da gordura localizada e veja como a tecnologia pode ajudar”

O que você pensa com 20 e poucos: Credo, esse povo não sabe fazer abdominal não? Precisa de aparelhos mega ultra tecnológicos?

A realidade: Nuoooooooosssa é novo? Quando custa? 3 mil a sessão? Me vê 10, divide em quantas vezes????

Lendo tudo isso você pensa que tudo é uma merda e o mundo está acabado. Ou pensa “essa menina é uma idiota que nem 30 anos tem e fica aí falando besteiras”. Gente, nem tudo é radical e nem GERAL. Tô apenas relatando percepções minhas que renderam risadas em uma conversa entre amigas. Afinal, o seu bom-humor é uma das únicas coisas que pode permanecer intactas aos 20, 30, 40, 50, 80, 100 anos…

Até os 25: “Ai adoro a Grazi, ela é uma fofa!”

Pós 25: “Vaca! Ela é perfeita!”

Anúncios

Um comentário sobre “Coisas que as revistas femininas falam e são reais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s