Me deixa ser mãe 

Num dia simbólico como hoje, eu digo: me deixem maternar! Me deixem ser mãe! Assim como cozinhar, esquiar, dançar, sabemos maternar! Me deixem errar, acertar, pegar no colo, deixar chorar! Me deixem perder a paciência, mimar, fazer papinha orgânica e dar chocolate. ! Me deixem exagerar na bronca, na brincadeira, no amor, no grito! Me deixem optar pela babá, pela escola, por ficar em casa, por ficar com as avós! Me deixem maternar! Me deixem parir, de cócoras, de quatro, com corte, com anestesia, sem anestesia, agendado, inesperado! Me deixem amamentar, em público, em casa, com paninho, sem paninho, com mamadeira, sem mamadeira! Me deixem ter preguiça, de tirar fraldas, de ensinar a dormir, de controlar a TV. Me deixem engordar, malhar, dormir.

Me deixem reclamar, me gabar, amar, me cansar, fazer drama, me desesperar, cobrar, me orgulhar! 

Mesmo não sabendo, sabemos. Sabemos maternar. Nos deixem maternar! 

  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s