Enxoval de bebê em Miami – Post 1

Dicas úteis

Bom, agora estou na reta final da minha gravidez e não quis fazer do Consejo um blog de mães, mas muitas amigas grávidas (sim, existe um baby boom acontecendo) me perguntam sobre o enxoval em Miami que eu fui fazer quando estava entre meu quinto ou sexto mês.

Para não ficar um post MUITO longo, vou dividir em partes. Nesse primeiro vou falar sobre dicas gerais e coisas que você precisa saber antes, durante ou depois da viagem. Vamos lá:

A lista

É essencial ter uma lista. Você vai achar muita coisa na internet ou amigas que estão também estão grávidas podem te passar as delas e pegue todas as informações que puder, mas filtre-as. Há MUITO EXAGERO.

  • Converse com pessoas que já são mães sobre a utilidade de cada item. Você provavelmente vai ver que existe muito exagero ou talvez sugiram coisas que não são compatíveis a sua realidade (por exemplo, eu não vou ter babá e moro em um apartamento que não existe que eu tenha DUAS babás eletrônicas);
  • Obviamente a lista é diferente para bebês meninos e meninas. O mesmo acontece para bebês que nascem no inverno ou no verão;
  • Foque nos itens que são caros no Brasil como carrinho, bebê conforto e outros apetrechos que aqui custam o olho da cara.
  • Geralmente sugerem chupetas e mamadeiras em excesso. Principalmente as mamadeiras. Outra coisa que uma mãe me falou e eu não sabia: não vai inventar de comprar uma marca de chupeta lá que você não vai achar depois no Brasil ou se achar vai custar horrores. Pesquise marcas que sejam acessíveis aqui.
  • Saiba entender a sua lista. Quando filtrar todas a informações, escreva de uma forma que você entenda e caso você seja super crua no mercado (como eu!) dê um Google Imagens nos produtos pra saber do que ir atrás e não perder tanto tempo (facilita saber a cor da embalagem, por exemplo).
  • O QUE NÃO ACHEI LÁ: Em Miami não achei as roupinhas bonitinhas de malha que usam aqui na maternidade (tipo saída de maternidade e etc.). Muitas roupas não tem pés, como costumamos usar aqui. Calçudo ou mijão simples, branco, pra usar com o body eu não achei. Tem, mas tudo com pézinho de bichinho e etc.

 

Compras pela Amazon

  • Verifique se o seu hotel aceita encomendas e principalmente se não vai cobrar na hora da retirada;
  • Prefira produtos que são “Ships from and sold by Amazon” ou que são “Sold by Loja X and ship by Amazon”, porque esses são os que a Amazon vende e entrega e demoram de 3 a 5 dias. Os que são de responsabilidade de entrega da loja X podem demorar mais e você corre o risco de ir embora sem o produto;
  • Algumas listas já sugerem quais produtos devem ser comprados pela Amazon tipo carrinho e etc.
  • Ninguém me falou, mas eu gostaria de ter comprado os bodies brancos e básicos da Carters (manga longa e curta de diversos tamanhos, que todas as listas pedem) pela Amazon. Cheguei lá e não encontrei toda variedade e tamanho que procurava.

 

A viagem

  • Para entrar nos EUA você precisa de um passaporte com visto adquirido no Brasil. É um saco preencher mil formulários e ir nas entrevistas mas ultimamente, no geral, os vistos são aprovados.
  • Se você não tiver muitas malas grandes pode deixar para comprar lá. Nós já tínhamos as malas então levamos vazias mesmo e nossas roupas ocuparam menos de 1 mala. Fizemos isso pensando na viagem de volta.
  • Para uma viagem de COMPRAS o ideal é que você não fique mais de 1 semana e não vá em feriados ou temporadas, senão vai acabar gastando mais ainda com passagem, hospedagem e comprando lá (juro, as possibilidades são infinitas). Então, tente ser objetivo e direto.
  • Nós conseguimos trazer tudo em 4 malas (o limite para vôos internacionais é de 32kg), mais 2 malas de mão (1 por pessoa, 10kg). Colocamos tudo na mala, até carrinho e bebê conforto e compramos uma balança portátil de malas para pesar. No fim teve uma que quase chegou ao limite mas não passou porque apesar de quase não fecharmos as malas, as coisas são leves. Quando chegamos, a alfândega passou nossas malas no raio X e liberou. As pessoas fazem um alarde, mas coisa de bebê e roupa eles não tem como mensurar, então nem param. Cuidado com eletrônicos e coisas tipo, relógios e perfumes.
  • Uma dica boa que me deram foi tirar o carrinho da caixa e despachar embalado apenas naquele papel verde que têm nos aeroportos, sabe? Não testei, mas é uma ideia.
  • Lá, ao passar pela imigração você não deve ter problemas. Por garantia, leve impressos os papéis de hospedagem de hotel, aluguel de carro e passeios que tenha marcado, eventualmente.
  • Em Miami TODO mundo fala espanhol e como é uma cidade turística e eles querem mais é vender, têm toda a paciência do mundo pra te entender. As lojas são cheias de vendedores brasileiros.
  • Cuidados especiais: converse com seu médico sobre quando ir. O ideal é que não passe dos 6/7 meses. Eu tinha preconceito mas a MEIA ELÁSTICA ou MEIA DE COMPRESSÃO salvou a minha vida tanto no voo quanto lá quando passava o dia batendo perna. Nem todas as companhias aéreas pedem, mas leve uma autorização do médico pra viajar e uma lista de remédios que você compra aqui. Mesmo que você não sinta enjôo ou etc., leve os remédios daqui porque lá, caso tenha alguma coisa, você vai ter problemas para conseguir remédios.

 

Com quem ir

  • Eu fui com meu marido e foi ótimo mas ele mesmo disse que se soubesse, teria mandando a mãe dele ou a minha, hahaha… Maridos são ótimos na hora de carregar as coisas mas não costumam ter muita paciência para compras. Tenha em mente que a pessoa deverá ter disposição suficiente para a maratona de compras e para te ajudar com as compras, já que você não pode ficar carregando peso.

Para saber se compensa, além da cotação do dólar você pode pegar uma lista de enxoval na Alô Bebê, por exemplo, e comparar com os preços da Amazon. Outra coisa: vale fazer aquele cartão pré-pago para fugir dos altos valores do IOF cobrados no cartão de crédito. Bom, aí tem que fazer a lição de casa e tentar não se empolgar lá (o que é difícil).

No próximo post dou as dicas de onde ficar/comprar/passear e etc.

Até!

P.S: POR FAVOR, comentem com dúvidas e sugestões (caso você também tenha feito essa viagem), porque pretendo fazer um post só com isso.

Imagem

Anúncios